pra descontrair

O céu estava claro, A lua quase dourada… Ali no campo, eu e ela, E não se via mais nada! A pele suave, As ancas expostas, E eu tocando de leve O macio de suas costas… Não sabendo começar, Olhei o corpo esguio. Decidi por as mãos Sobre seu peito macio… Eu sentia medo! Meu […]

Leia Mais